Se quiser

viagem-casal

Se quiser jogar comigo, tem que aprender que eu sou a dona da banca.

Se quiser jogar comigo, tem que aprender que eu não tenho pena de riscar teu nome da lista e colocar outro no lugar para “brincar”.

Se quiser jogar comigo, tem que aprender que eu sou daquelas que ri do teu cair e só depois que eu terminar te ajudo a levantar. Se ainda quiser jogar  comigo, saiba que eu “tô” na tua faz um tempo, mas não sou da sua lista. Sou minha, mas posso me apegar.

Aline Lima

Bagunça

puzzle-55883_960_720

Deixa eu bagunçar. Deixa eu bagunçar seus cabelos, entrelaçando meus dedos nos seus, deixa eu bagunçar a tua roupa, desabotoando devagar tua blusa, olhando teu peito, tua barriga e o resto do caminho.

Deixa eu bagunçar teu armário com as minhas coisas, com as minhas blusas nas tuas gavetas, meus relógios junto com tuas bolsas.  Deixa eu ser teu café da manhã, te servir inteira, olhar tua cara ainda inchada pelo sono e dizer, q belo sorriso!

Deixa eu te ligar, enviar mensagens, mandar flores, agarrar no teu pescoço, te chamar de apelidos ridículos que apenas nós dois saberemos. Deixa eu ser teu amor, ser tua procura, ser o fim dos dias solitários e cinzentos.

Deixa eu te alegrar com anedotas do jornal, gargalhar da vida chata que a gente tem, dessa vida quase solada que temos. Deixa eu ser aquilo que eu sempre quis ser com alguém: eu mesmo!

Aline Lima.

Cartas à ela

cartas

As folhas estavam descansando na minha mesa, e apenas coloquei as letras nela. Seu rosto vinha a minha mente, seu sorriso, seus cabelos cacheados, negros e brilhantes que alisam meu ombro toda vez que você estava triste. Era para você que eu escrevia todas aquelas frivolidades cotidianas, todos os passeios com o cachorro que eu não dei, toda as vezes que saí com você com a blusa amarrotada só para te irritar, todas as vezes que neguei os beijos de boa noite que você me pedia.

A vida é implacável com quem não cuida daquilo que a gente tem: Ela tira! Sem o menor pudor, sem a menor pena. Ela leva de você aquilo que achávamos que teríamos ad aeternum, aquilo que temos como líquido e certo. Pois é meu parceiro, ela foi embora. Numa conversa calma, ela foi. E não vai mais voltar. Ela te deu todas as chances  possíveis, ela chorou, mas tinha a consciência tranquila. Ela queria muito e foi atrás, eu achei que seria pra sempre e não cuidei.

Hoje estou aqui escrevendo cartas para ela. Talvez ela nunca as leia, talvez ela jogue fora, ou então nunca chegue ao destino, mas eu precisava dizer o quanto eu aprendi, precisava desabafar, tirar esse engodo de mim. Ela estará sempre em um lugar especial, mas hoje o que eu tenho, são apenas essas cartas para ela!

Aline Lima.

Sentido

 

download

As palavras têm ficado pesadas ao longo do dia.

A verdade, é que elas não fazem mais sentido. Tanto faz se é primavera, calor, noite, dia. O que tem me tomado de sobressalto é a frieza do meu discurso.

Cada dia mais tem sido difícil, tem sido enfadonho. Será que para sempre ? Será que tenho me escondido das verdades? Será que tenho me fingido de cega para o que está na minha frente?

Tem sido pesado descobrir que tudo não é mais tão legal como antes e que o antes nunca foi bom para mim. Para mim, de verdade, foi apenas um fio. Um fio de inverdade que me agarrei não sei porquê.

Aline Lima.

Anjo

55f70c3501f891-1818867755f70c34d63732-52917134

Hoje lágrimas caíram no céu. Elas eram grandes e doloridas. Doíam meu coração.

Olhei para o azul e pedi que te recebessem. Minha flor, minha pequena.

Ela não saberá dar os primeiros passos, não terá gargalhadas escancaradas. Será apenas “se”.

Espero que nas nuvens, você esteja entre sorrisos, amor, acolhimento. Aqui, você teve muito, mas não deu tempo de sentir seu cheirinho, admirar seus pezinhos, dar um beijo na sua fronte.

Fique em paz, meu anjo.

Aline Lima.

Vida

221

Ela unia todas as coisas. Era meu meio, início e fim. Vida da minha vida. Coração que batia fora do peito.

Tudo que possuía existência, viço, alma, era ela. Minha luz, minha árvore frondosa, amor incondicional. Tudo que havia de mais belo e sereno passava por ela. Era ela.

Ficava a horas a admirar seus movimentos, seus bocejos, seus gracejos. Tudo era lindo, novo, afável, amado, querido.

Você é tudo que eu possuo de mais incrível em mim. Não sei ser outra pessoa depois de você. Um amor visceral, uterino e eterno.

Aline Lima

Ignorados

0cc883a46f64b3675b6ab4c993e4f980

A gente já sabe que desde o primeiro dia, fomos ignorados.

Fomos pela maneira que nos relacionamos, somos pela maneira que vivemos, somos pelo que falamos, comemos, amamos.

A gente já sabe que eles têm uma ideia pronta do que somos. Eles acham que não somos felizes e para o padrão deles, não deveríamos existir.

Se amanhã tudo se evaporasse, diriam eles que estariam certos, que sempre tiveram razão, que nós fomos produtos ilusórios de nossas cabeças.

Mal sabem eles, que mesmo que tudo se esvaísse, teria valido a pena, porque nós estamos tentando.

E eles? Apenas nos ignorando e sendo cinzas…

Aline Lima.