Venha Comigo

cafe

Era julho. Estava frio e cinzento. Eu andava pelas ruas da cidade com um copo de café frio e um cigarro apagado na mesma mão.

A bolsa estava cheia de quinquilharias, a cabeça longe, mil problemas. Só precisava sumir dali.

Esbarro em alguém sem querer, e quando inicio as desculpas, é você que está na minha frente.

Ele me pergunta: Voltou a fumar? E eu respondo dizendo que o cigarro me passa mais segurança.

Mas, e o café frio? Ele emenda.

Só pra fingir que faço algo de útil – respondi.

Venha comigo!

Pra onde?

Pra você esquecer da selva de pedra e lembrar que você ainda é muito importante pra mim e que não deve sair da vida de ninguém sem antes perguntar…

Apenas dou uma leve risada. Ele me envolve com seus braços e caminhamos para nosso porto seguro e continuar a história de onde paramos.

Aline Lima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s