Fim

O olhar de um caminho

Deu-se o fim. O fim das conversas, das risadas, do tempo nublado na janela, dos pés roçando um no outro. Deu-se um fim por tantas coisas, por tantos desolhares.

Sem brigas, sem escândalos… Apenas seguirei com minhas coisas, meus sonhos, minhas realidades.

Não terá mais o bolo quente dividido, terei que aprender a comprar na internet, colocar apenas meu nome nas listas das festas, a conversa no banheiro será monólogo.

A vida não espera a gente se reerguer. Ela está acontecendo e a cabeça precisa estar erguida para que uma onda não nos leve.

O fim dói. Todo fim deixa incertezas. Será? Porquê? Como? Porque aconteceu?

Agora é hora de olhar pra frente. Na vida as coisas passam, como um comercial de televisão. Tem tempo determinado, por mais que não aceitemos, tudo tem seu tempo de vida. Cabe aceitar ou sofrer.

Aline Lima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s