Bagunça

puzzle-55883_960_720

Deixa eu bagunçar. Deixa eu bagunçar seus cabelos, entrelaçando meus dedos nos seus, deixa eu bagunçar a tua roupa, desabotoando devagar tua blusa, olhando teu peito, tua barriga e o resto do caminho.

Deixa eu bagunçar teu armário com as minhas coisas, com as minhas blusas nas tuas gavetas, meus relógios junto com tuas bolsas.  Deixa eu ser teu café da manhã, te servir inteira, olhar tua cara ainda inchada pelo sono e dizer, q belo sorriso!

Deixa eu te ligar, enviar mensagens, mandar flores, agarrar no teu pescoço, te chamar de apelidos ridículos que apenas nós dois saberemos. Deixa eu ser teu amor, ser tua procura, ser o fim dos dias solitários e cinzentos.

Deixa eu te alegrar com anedotas do jornal, gargalhar da vida chata que a gente tem, dessa vida quase solada que temos. Deixa eu ser aquilo que eu sempre quis ser com alguém: eu mesmo!

Aline Lima.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s